Convivência: 7 dicas para um bom relacionamento com vizinhos

Ter uma boa convivência com pessoas diferentes e desconhecidas nem sempre é uma tarefa fácil, mas é possível desde que haja respeito e boa vontade para viver em harmonia. A verdade é que um bom convívio com vizinhos é fundamental para quem mora em condomínio e também para aqueles que vivem em casa independente.

Afinal, morando logo ao lado, essas pessoas acabam muitas vezes participando da sua rotina. Mas você sabe como garantir uma relação agradável mesmo diante de pequenos problemas, sem partir para a hostilidade? No post de hoje você poderá conhecer 7 dicas para desenvolver um bom relacionamento com seus vizinhos, respeitando espaços e limites desta convivência. Confira!

A importância da boa convivência

O vizinho pode ser somente aquela pessoa que mora no apartamento ao lado. No entanto, também pode ser ele quem estaciona em sua vaga de garagem, tornando os dias mais estressantes, ou então que poderá emprestar uma xícara de açúcar no meio da receita daquele bolo. 

Em alguns lugares, os vizinhos são melhores amigos, formando quase uma família, fato que pode ser visto como bom e ruim, já que você precisa cobrar posturas e organizar regras para pessoas que a princípio não seriam parte do seu círculo de amizade. No entanto, seja no trabalho, no condomínio, ou mesmo na família, viver em conflito não é uma situação agradável.

Construir uma convivência saudável com os moradores ao lado é uma maneira de fazer amigos e contar com apoio sempre que for preciso. A boa relação com vizinhos também evita problemas como fofocas e outras situações ruins. O respeito mútuo é o melhor caminho para contornar as dificuldades de convívio. 

1. Apresente-se aos vizinhos

Caso seja seu primeiro imóvel no local, ou souber de um novo vizinho que acabou de mudar para o prédio, apresente-se de forma simples e coloque-se à disposição para ajudá-lo caso tenha alguma dúvida sobre o condomínio. 

Se achar conveniente, até um convite para o café é uma forma de criar um bom vínculo de amizade e respeito. Caso não ache conveniente, tudo bem, somente o fato de apresentar-se e oferecer ajuda é o ideal para criar uma boa impressão.

2. Respeite as regras de convivência

Para manter a paz e bom senso no ambiente, regras de convivência são essenciais para o convívio com os vizinhos. Respeitá-las é uma maneira de proporcionar um bom relacionamento com os moradores ao lado. Confira as mais importantes:

  • não estacione na vaga de garagem de outro morador;
  • descarte o lixo em locais e horários corretos;
  • evite mudanças e obras fora dos horários autorizados;
  • não segure o elevador em um andar;
  • respeite os horários de festa estipulados pelo condomínio;
  • respeite o volume autorizado de aparelhos de som e televisores;
  • evite sapatos e outros barulhos no piso tarde da noite.

3. Participe das reuniões de condomínio

Para moradores de condomínios, residenciais ou edifícios, eventualmente são convocadas assembleias ou reuniões. É essencial participar deste evento, mostrando seu interesse pelos problemas da vida em comunidade. 

Além disso, você tem a oportunidade de conhecer as decisões tomadas para melhorias no local, podendo discutir e opinar sobre o aperfeiçoamento das regras de convivência. São muitas as pessoas que reivindicam seus direitos mas nunca estão presentes quando é necessário tomar decisões. 

As reuniões também servem para resolver conflitos com a ajuda de todos, evitando aqueles famosos bilhetes em elevadores e corredores que possam constranger os moradores sem ao menos apresentar soluções. 

dicas relacionamento com vizinhos

4. Dê atenção a seu animal de estimação

Se você tem algum animal de estimação em seu apartamento, é preciso sempre estar atento com a satisfação do bichinho. Um animal infeliz pode latir ou chorar, incomodando todos no andar. Separe sempre um momento do dia para caminhar com seu pet, e não se esqueça de levar sempre uma sacolinha para recolher a sujeira. 

5. Estabeleça limites para as crianças

Para moradores com filhos, é importante estabelecer limites com as crianças, orientando-os a respeitar o espaço do vizinho e evitando que brinquem em áreas não apropriadas. Outra forma de melhorar a convivência é utilizando carpetes, tapetes e tapes emborrachados nos quartos de crianças pequenas, isolando a propagação de som.

6. Exercite a gentileza

A relação com a vizinhança não pode ser baseada apenas em regras. O bom convívio e gentileza tornam a morada de ambos mais tranquila. É uma ótima sensação saber que pode contar com o vizinho, além de também se colocar à disposição para o que for preciso. Por isso, ser simpático e educado é o caminho para melhorar a relação com o morador ao lado.

7. Tenha paciência

Dica fundamental para todos moradores, a paciência é a melhor forma de lidar com momentos complicados entre vizinhos. Mesmo que certas situações com outra pessoa acabem causando estresse e irritação, é importante não deixar a raiva prevalecer. 

Afinal, brigar com alguém que é parte de seu dia a dia pode criar um clima desagradável por muito tempo, e, muitas vezes tornar-se insustentável. Por esse motivo, tenha paciência em momentos de conflito, e tente resolver a situação de forma civilizada.

Essas foram as 7 dicas que vão contribuir para uma boa convivência entre você e seus vizinhos. Que tal colocá-las em prática? Indique o post para seus vizinhos e deixe-os informados sobre a melhor forma de manter o bom relacionamento com o morador ao lado!

Quer ter mais informações como estas? Então, siga nossas redes sociais! Estamos no Instagram, Facebook e LinkedIn!

O QUE VOCÊ ESTÁ ESPERANDO? FALE AGORA
COM UM CONSULTOR E SAIBA COMO FINANCIAR!

CERTIFICADOS DE QUALIDADE QUE A URBEN CONQUISTOU AO LONGO DOS ANOS:

Copyright ® Urben. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por DGBZ